Empreendedorismo Raiz

Imagine que você tem o poder de criar um produto que irá impactar diretamente a vida de milhares de pessoas, gerando novos empregos, impulsionando a economia da sua região, trazendo benefícios reais para os seus clientes, e claro, aumentando o lucro da sua empresa. Que empreendedor nunca pensou nisso? Mas na prática, não é tão fácil assim. Ainda mais no Brasil, cercado de burocracia e elevada carga tributária. Aqui o jogo é em nível hard.

De acordo com uma pesquisa, realizada pela Global Entrepreneurship Monitor (GEM), em 2016, empreender foi considerado o quarto maior sonho do brasileiro, ficando apenas atrás de viajar pelo país, ter a casa própria ou comprar um carro. O estudo revela ainda que 36% dos brasileiros possuem ou já tentaram abrir uma empresa; aponta que o empreendedorismo por oportunidade voltou a crescer, mas que diante das crises, muitos ainda empreendem por necessidade.

Diante de um mercado com tantas incertezas, faz-se necessário um planejamento estratégico que norteie os rumos do negócio, a fim de torná-lo sustentável e competitivo a longo prazo. Não basta só criar uma empresa, é necessário deixá-la saudável para momentos turbulentos, e sempre trabalhar em inovações que coloquem seus competidores em segundo plano.

Todo empreendimento nasce com o propósito de resolver um problema, e é nisso que o empreendedor deve se concentrar. Idealizar e vislumbrar oportunidades de negócios, através de soluções que tragam benefícios para o público que usufruirá do produto ou serviço.

Como conhecer o público, senão indo falar com ele? Identificar as preferências dos clientes e entender a jornada, na qual eles se relacionam com a sua empresa, são passos importantes. Ter empatia é essencial para enxergar os problemas sob perspectivas diferentes, e conversar com o cliente é parte crucial no processo de oferecer soluções eficientes.

Histórias de Sucesso

Há muitos casos ainda, de produtos e serviços que foram criados mediante as dores que empreendedores vivenciaram, e podemos citar os exemplos das empresas Airbnb, líder global em hospedagem alternativa e a MaxMilhas, que lidera no Brasil a emissão de passagens aéreas através de milhas.

O Airbnb é um serviço de hospedagem que permite anunciar ou alugar qualquer tipo de espaço. A ideia começou, em 2008, quando os fundadores precisaram de dinheiro para pagar o aluguel, do apartamento que moravam em São Francisco. Houve uma conferência na cidade, que lotou grande parte dos hotéis, e assim tiveram a ideia de alugar espaços e colchões dentro do apartamento que moravam. O experimento deu tão certo que hoje a empresa atua em mais de 190 países e tem valor de mercado de 31 bilhões de dólares.

A MaxMilhas surgiu, em 2013, de uma oportunidade encontrada pelo fundador Max Oliveira. Ele estava comprando uma passagem aérea, quando o site da companhia apresentou uma falha, levando-o a reiniciar o processo de compra. Para a sua surpresa, subitamente o valor aumentou 5 vezes, e ele percebeu que o mesmo não ocorreu para o valor da passagem se comprada com milhas. Infelizmente ele não tinha milhas suficientes para comprar a passagem, mas a situação o fez imaginar na possibilidade de criar uma plataforma onde pessoas pudessem vender suas milhas para quem estivesse precisando viajar. A ideia saiu do papel e hoje são 1,5 milhão de passagens emitidas, mais de 20 bilhões de milhas comercializadas, e um crescimento anual de 300% no faturamento.

Busque Inspiração

Em 2017, trabalhei na ACATE (Associação Catarinense de Tecnologia), um HUB de Inovação, onde aloca empresas de tecnologia e promove eventos ligados à empreendedorismo e inovação. Na ocasião, eu tive a oportunidade de assistir uma palestra do Max da MaxMilhas. Conversamos depois, e ele mencionou os primeiros passos da MaxMilhas e suas estratégias na obtenção de clientes, apenas usando planilhas e formulários eletrônicos. Não havia sequer um site de pesquisa de passagens, tudo era manual.

O negócio foi construído do zero e até hoje a sua companhia não precisou de aportes de investidores. Esse é um clássico exemplo de empreendedorismo raiz, onde mostra que é possível arregaçar as mangas, juntar algumas latas e construir o próprio foguete.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋 Como posso ajudar você?